Entradas populares

viernes, 2 de noviembre de 2012

Asterix & Obelix ao Serviço da Sua Majestade

Filme: Aserix & Obelix ao serviço da Sua Majestade
País: França Duração. 109 min.
Género: Comédia
Realização: Laurent Tirand
Com: Gerard Depardieu. Edouard Baer, Catherine Daneuve, Fabrice Luchini, Gerard Jugnot

Júlio César,desejando eternizar a sua glória, decide conquistar a Britânia, embora uma aldeia ofereça forte resistência.  Quando se viu ameaçada seriamente pelo poder romano, a rainha dos britões, ainda que de má vontade, opta por recorrerao apoio dos gauleses da célebre aldeia que continua a resistir à conquista romana. Necessitando a poção mágica, envia o seu fiel emissário Jolitorax para a missõ e , naturalmente Astérix e obélix, são escolhidos para viajarem e defenderem a honra da rainha e a divertirem-se um pouco comendo javalis e batendo nos soldados invasores.
A história do filme baseia-se em dois episódios originais: Astérix  na Britânia e Astérix e os Normandos, mas está tão bem construida que os ávidos leitores das aventuras deste herói gaulês  certamente não levarão  a mal esta ideia.
Neste filme entrelaçam-se os estereótipos sobre o Outro (os gauleses, os britões, os normandos), a aventura, a impossibilidade de que as outraas pessoas acedam ao segredo da pção mágica gaulesa, a solidariedade, a transitoriedade da glória humana, apresentada  nas personagens de César e da Rainha, as tentativas do amor platónico, o valor da amizde, o crescimento e o amadurecimento do sobrinho mimado do chefe da aldeia gaulesa  e um lúcido sentido de humor que faz acreditar que o medo dá asas, que a educação das damas britânicas por vezes tem os seus limites e que a História de vez em quando também é forjada. Nas personagens dos piratas condena-se a sua cobiça e expõe-se a sua pouca inteligência, para divertir o espectador.
Do ponto de vista da actuação, além de já afirmado Gerard Depardieu, que deu vida ao simpáico gordinho de cara´cter impulsivo, força bruta e coração terno, a que mais se destaca é Catherine Daneuve, que no seu magnífico papel de ainha educada, poderosa, mas no fundo, solitária e desejosa de conhecer o seu amor, mostra mais uma vez ser uma actriz brilhante.
A montagem e as imagens (sobretudo dos belos jardins britãnicos) são de uma excelente qualidade e dão ao filme um aspecto sofisticado e atrístico.
Bastante fiel aos prormenores das duas bandas desenhadas em questão, o filme não consegue completamente transmitir a importância dos jogos de palavra e brincadeiras linguísticas relacionadas com a construção frásica inglesa e as suas expressões idiomáticas, o que seria o seu único defeito.
Divertida, artisticamente bem conseguida, interessante e nada superficial, a história sobre os dois eternos resistentes gauleses sem dúvida merece a atenção dos espectadores.