Entradas populares

domingo, 27 de octubre de 2013

Filme mexicano "O Estudante", resenha

BEM-VINDOS AO APAIXONANTE MUNDO DE LETRAS PRECIOSAS E IMAGENS ENCANTADORAS, SEJAM LEITORES, OBSERVADORES, CRÍTICOS E PALAVRÓFILOS, LEIAM, LEIAM, LEIAM. MESMO QUE UM PROVÉRBIO POPULAR SÉRVIO DIGA QUE "A CABEÇA É MAIS VELHA QUE O LIVRO", ISTO É QUE O PENSAMENTO É MAIS ANTIGO QUE A ESCRITA, LEIAM, ISSO AGUÇA O ESPÍRITO, ENRIQUECE O VOCABULÁRIO E A ALMA, DESPERTA A CURIOSIDADE E FAZ VOS PALAVRÓFILOS CURIOSOS TAMBÉM...
Filme: O Estudante
Género: Drama
Duração: 95 min.
Festival do Cinema Mexicano Instituto Cervantes Lisboa, (Outubro 2013)
Realização: Roberto Girault
Guião: Gastón Pavlovich
Com: Jorge Lavat, Norma Nazareno, Juan Carlos Ruiz, Cristina Obregón, Pablo Cruz Guerrero
Chano, um senhor com uma idade bastante avançada, com duas filhas crescidas e uma neta pequena, decide  fazer o que sempre quis: estudar literatura hispânica na Universidade de Guanajuato. A mulher e uma das filhas apoiam-no, enquanto a outra lhe expõe alguns argumentos contra o seu idealismo donquixotesco, sendo a sua idade o primeiro motivo pelo qual poderia ser ridicularizado ou não aceite pelos colegas mais jovens. Apesar disso e apesar da "triste figura" que pode fazer, tal como a sua personagem preferida, Dom Quixote, Chano enfrenta o desafio e aprende a conviver com os seus companheiros da turma, participando em festas com eles, estudando e ensinando-os valores que na sua geração eram comuns e que nas mais contemporâneas aparentemente se estão a perder: o valor do amor, a construção das amizades duradouras baseadas em confiança, o respeito pelos mais velhos, a responsabilidade pelos outros, a coragem de assumir a sua personalidade tal como é, a beleza da leitura dos clássicos e da formulação das opiniões próprias, Com ele os jovens aprendem a ouvir os outros, escrever cartas, encontrar pensamentos eternamente válidos  no " Dom Quixote", "A Vida é um Sonho", nas letras de Agustín Lara , crescem e amadurecem. Para além do jargão juvenil e uma atitude mais relaxada, Chano, que é um "senhor" "só para os que não são seus amigos" aprende a aproveitar a beleza de cada momento na vida e a sorrir até que "a vida lhe dá a sua última lição" , com a morte da sua amada esposa Alícia, a sua "pequena sereia". Então vê quem são os seus verdadeiros amigos e sente o seu apoio, até se sentir revigorado com o nascimento de uma outra Alícia, filha ilegítima de uma das suas companheiras de turma, que decidiu manter a gravidez após uma conversa com a sua falecida esposa.
Amigo de jovens, mas também de idosos da sua geração (companheiros da orquestra), Chano enquadra-se perfeitamente nos dois mundos, precisamente pelo seu inesgotável carinho e compreensão que mostra a todos sem julgar ninguém, mas com muita vontade de ensinar e aprender e corrigir o que não considera correcto.
Entre as personagens destaca-se também Dom Pedro, "guardador das letras e da cultura" na Universidade, que apesar do discurso muito intelectual, não permite que Chano entre, sendo muito idoso para estudar. A sua personagem desenvolve-se também de uma figura aparentemente rígida e seca a uma pessoa compreensiva que sabe consolar e entender os Outros. Carmen e Santiago aprendem a construir o seu relacionamento amoroso devagar e com paciência, Alejandra, uma aluna brilhante e apaixonada pelo Professor de literatura, apesar da sua atitude temerária de ficar grávida sem ter qualquer compromisso com ele, amadurece e cresce muito na relação com Marcelo, que acaba por assumir a paternidade da filha que não é dele.
Este filme é uma belíssima obra de arte sobre a aprendizagem, os ideais que nunca é tarde perseguir,o amor, o carinho, a ruptura das limitações geracionais e sobretudo um filme cheio de fé num futuro melhor e mais brilhante em que estes valores são possíveis de aplicar. A excelente actuação do casal protagonista e de Dom Pedro, a comovedora e romântica música e a alta qualidade das imagens são os pilares desta obra cinematográfica impregnada da crença donquixotesca em que é possível ultrapassar as diferenças e procurar a felicidade através do auto-conhecimento e fé em Deus, em si mesmo e nos Outros.