Entradas populares

jueves, 12 de septiembre de 2013

O Profundo Mar Azul, filme

BEM-VINDOS AO APAIXONANTE MUNDO DE LETRAS PRECIOSAS E IMAGENS ENCANTADORAS, SEJAM LEITORES, OBSERVADORES, CRÍTICOS E PALAVRÓFILOS, LEIAM, LEIAM, LEIAM. MESMO QUE UM PROVÉRBIO POPULAR SÉRVIO DIGA QUE "A CABEÇA É MAIS VELHA QUE O LIVRO", ISTO É QUE O PENSAMENTO É MAIS ANTIGO QUE A ESCRITA, LEIAM, ISSO AGUÇA O ESPÍRITO, ENRIQUECE O VOCABULÁRIO E A ALMA, DESPERTA A CURIOSIDADE E FAZ VOS PALAVRÓFILOS CURIOSOS TAMBÉM...

Filme: O Profundo Mar Azul
Género: Drama
Duração: 98 min.
Cinema: Lusomundo Amoreiras
Com: Rachel  Weisz, Tom Hiddleston
Realização: Terrence Davies
O filme aborda muitos estereótipos relacionados com o amor e casamento. A protagonista Hester é uma jovem bela que não se importa demasiado com as convenções sociais, casada com um prestigiado juíz muito mais velho do que ela, O marido não lhe dedica suficiente atenção, o que a leva a apaixonar-se por Freddie, um atraente piloto, que  procura diversão, adrenalina e pouca responsabilidade na vida. Enquanto dura a paixão sexual, tudo entre eles parece funcionar bem e ela não tem quaisquer dilemas em relação à transgressão que comete e ao seu casamento. Tendo a plena consciência de estar apaixonada, não tem medo da raiva ou vingança do marido, nem do que os outros possam pensar dela. No filme muitod factos são reveladores de que a relação entre Hester e Freddie se baseia apenas no erotismo: não conversam muito e sobretudo não de temas importantes, ele nunca lhe pergunta quais são os seus planos, alegrias, preocupações, sentimentos. Apenas fala em si, agrada-lhe saber que está no centro das atenções, sendo no fundo uma pessoa fútil e imatura. Os problemas no relacionamento começam por uma razão bastante banal:  Freddie esquece o dia dos anos de Hester e ela fica furiosa. Por seu turno, o marido de Hester é uma pessoa digna, que a ama e protege de uma forma quase paternal, conhece os seus gostos e oferece-lhe os  Sonetos de Shakespeare como prenda de anos. Aconselha-a, avisa-a que o verdadeiro amor não se reduz apenas à componente erótica e entende a sua paixão pelo jovem piloto como um capricho passageiro.
Um pormenor interessante em todo o filme é a história de amor entre a empregada da pensão em que a protagonista se encontra com o seu amante. Ela e o marido, ja idosos, amam-se apesar da doença dele e as dificuldades que passam.
Embora a história de todos os amores que o filme apresenta seja muito previsível e ponha em evidência o que é já demasiado conhecido,um dos pontos fortes desta obra cinematográfica é a excelente actuação dos protagonistas e a atenção que se presta nos pormenores: a decoração da casa de Hester, os vestidos, os ambientes. A qualidade de imagem atribui a este filme uma beleza particular, que talvez possa compensar um pouco as ideias estereotipadas.