Entradas populares

sábado, 8 de junio de 2013

um quarteto inesquecível

BEM-VINDOS AO APAIXONANTE MUNDO DE LETRAS PRECIOSAS E IMAGENS ENCANTADORAS, SEJAM LEITORES, OBSERVADORES, CRÍTICOS E PALAVRÓFILOS, LEIAM, LEIAM, LEIAM. MESMO QUE UM PROVÉRBIO POPULAR SÉRVIO DIGA QUE "A CABEÇA É MAIS VELHA QUE O LIVRO", ISTO É QUE O PENSAMENTO É MAIS ANTIGO QUE A ESCRITA, LEIAM, ISSO AGUÇA O ESPÍRITO, ENRIQUECE O VOCABULÁRIO E A ALMA, DESPERTA A CURIOSIDADE E FAZ VOS PALAVRÓFILOS CURIOSOS TAMBÉM...
Filme: Quarteto
Género: Drama
Duração: 98 min.
Realização: Dustin Hoffman
Com. Maggie Smith, Tom Courtenay,  Billy Conolly, Pauline Collins
Cinema: El Corte Inglés
Num lar para músicos reformados e abastecidos no Reino Unido depois de muitos anos e por coincidências da vida encontram-se quatro amigos solitários: Jean, Reginald, Cissy e Wilf, antigamente brilhantes na sua carreira de artistas, agora envelhecidos e quase esquecidos. O que os une, para além da música, é a sua solidão, uma vez que nenhum deles conseguiu realizar-se no plano pessoal e familiar. Sem filhos nem netos para os acompanharem na velhice, estas quatro pessoas aprendem a redescobrir a amizade, o valor do apoio mútuo, da sinceridade e do amor, aprendendo a aceitarem.se a si mesmos e os outros tal como são. Uma antiga história de amor entre Jean e Reggie, que perdurou no tempo é o fio condutor que leva os protagonistas desta história a reconhecerem que a vaidade, as ambições humanas e a fama não têm valor nenhum quando se chega a uma determinada idade e quando as pessoas enfrentam doenças, isolamento e medos. Homenageando o aniversário de Verdi, juntam-se para cantar mais uma vez o célebre Quarteto de "Rigoletto", celebrando a beleza da vida, da arte e de todos os momentos de felicidade intensa que fez as suas vidas tão ricas e únicas. As personagens são muito bem construídas:  Reggie é um eterno romântico e sonhador, fiel a um único amor, Jean é um pouco vaidosa, perfeccionista e desfruta da sua fama, não permite que os outros vejam a sua fraqueza, sendo na realidade uma excelente amiga que ajuda Cissy nos seus momentos de Alzheimer. Cissy, faladora e à primeira vista desleixada, deseja a felicidade de todos os que a rodeiam e Wilf "o grande malandreco", com as suas piadas inocentes de teor erótico não ofende ninguém e afirma que a vida é bela. Com elementos de humor, este filme na verdade é um drama que glorifica o direito de viver, sentir, apaixonar-se, reconciliar-se, esquecer o rancor e começar de novo a qualquer idade. É também uma obra que aborda o choque geracional (na aula sobre o rap e a ópera ou no momento em que Reggie e Jean surpreendem dois jovens amantes), trata das questões do gosto (será que apenas a música clássica é cultura e os outros géneros são "um barulho tremendo"? Será que os jovens podem gostar da "alta cultura" ou devem inventar e criar as suas formas de expressão?).
Com uma alta qualidade das imagens e fotografias muito bem feitas, com a brilhante realização e actuação, com os ambientes exteriores e interiores muito bem escolhidos, este filme é uma combinação de todas as artes que não deixa os espectadores indiferentes e que desperta a esperança, sublinhando que a vida é bele em todos os seus aspectos. A cena em que Jean e Reggie apertam as mãos e começam a cantar é apenas um dos pormenores emocionantes sobre a maturidade, amor, crescimento pessoal e os pequenos momentos que valem ser recordados na vida.