Entradas populares

lunes, 4 de marzo de 2013

Linkoln

BEM-VINDOS AO APAIXONANTE MUNDO DE LETRAS PRECIOSAS E IMAGENS ENCANTADORAS, SEJAM LEITORES, OBSERVADORES, CRÍTICOS E PALAVRÓFILOS, LEIAM, LEIAM, LEIAM. MESMO QUE UM PROVÉRBIO POPULAR SÉRVIO DIGA QUE "A CABEÇA É MAIS VELHA QUE O LIVRO", ISTO É QUE O PENSAMENTO É MAIS ANTIGO QUE A ESCRITA, LEIAM, ISSO AGUÇA O ESPÍRITO, ENRIQUECE O VOCABULÁRIO E A ALMA, DESPERTA A CURIOSIDADE E FAZ VOS PALAVRÓFILOS CURIOSOS TAMBÉM...
Filme: Linkoln
Género:Drama /histórico
Duração. 151 min.
Cinema. Lusomundo Colombo
Com: Daniel-Day-Lewis, Sally Field, David Strathaim, Joseph Gordon-Levitt, James Spader
Realização. Steven Sielberg
Inspirado no livro "Team of Rivals The Political Genius of Abraham Lincoln" e nos factos históricos que não apenas marcaram a vida e o governo deste Presidente americano, como toda uma época na civilização ocidental (nomeadamente o fim da escravatura), este é um filme que apresenta e questiona um mundo de valores humanos e cristãos, valoriza o sacrifício por um ideal, apregoa a humildade, a persistência, a fé num futuro melhor.
Através dos jogos políticos, preconceitos, poder e vaidade contrapostos à integridade moral e um firme desejo de garantir uma América cheia de oportunidades e igualdade para todos, esta obra cinematográfica põe ante o espectador uma série de ideias e dilemas que tem que enfrentar: qual é a posição do indivíduo perante o sistema?, até que ponto o político pode ficar moralmente intacto e incorruptível, será que o próprio Lincoln foi sacrificado por causa dos seus ideais ou a sua morte foi apenas uma justiça feita para se explicarem as mortes de tantos soldados na guerra civil entre o Norte e o Sul e outros.
Abrindo o filme com a cena das brutalidades da guerra, soldados feridos, sangue e lama, Spielberg mostra que esse tema seria importante, mas não fulcral na sua visão, porque logo a seguir é apresentado o Presidente a conversar com os soldados, perguntando a cada um pelo nome. Nesta aproximação e no intercâmbio de ideias com eles, nota-se não apenas uma dimensão humana de Lincoln, como também a força desses jovens e a vontade de acreditarem nos mesmos ideais da igualdade, não-discriminação e oportunidade para todos os americanos.
A situação familiar do Presidente (a perda de um filho, a loucura da mulher, a paciência que tem na educação do filho mais novo, as suas crenças religiosas e o desejo de ir à Terra Santa como um simples peregrino revelam uma forte demistificação da figura do presidente, como situam o espectador no momento histórico e fazem com que ele se interrogue sobre o poder de Linkoln, a correcção das suas decisões, a glória do seu país após o termo da escravatura etc.
com uma excelente qualidade de imagens, com a atenção que presta aos pormenores, uma magnífica realização e actuação do protagonista, o filme talvez seja um pouco injustiçado em termos de Oscares, mas sem dúvida alguma vale a pena vê-lo.